Archive for Março, 2003

Jantar dos 82 anos do PCP

Março 8th, 2003

O jantar comemorativo do 82.º aniversário do Partido Comunista Português, em Lordelo, no passado dia 8 de Março, organizado pelo Comissão Concelhia de Paredes do PCP, superou todas as expectativas. Apesar de terem vindo mais camaradas e amigos do que aquilo que estava previsto, a organização conseguiu resolver o problema com a compreensão e boa disposição de todos os presentes. Aquilo que parecia ser um erro de organização, transformou-se num sinal de motivação e dinamismo, pelo facto de terem participado mais de 150 pessoas, que conviveram de forma alegre e divertida, ao som dos “Grita-Alí & Os Tratantes”.
Os discursos ficaram a cargo de Cristiano Ribeiro, coordenador da Concelhia de Paredes do PCP, e de João Pires, membro da Direcção da Organização Regional do Porto do PCP. O primeiro orador lembrou a importância deste jantar-convívio e elogiou a organização por terem mobilizado tantos camaradas e amigos para este evento. Depois de recordar que o PCP e a CDU cresceu no concelho, onde a conquista da freguesia de Parada de Todeia, pela lista de Álvaro Pinto é exemplo emblemático, Cristiano Ribeiro chamou a atenção para dois aspectos da vida interna do Partido no momento actual: a campanha de reinscrição dos militantes do PCP para restabelecer contactos e mobilizar mais camaradas para a luta, e a compra da futura sede da Direcção Sub-Regional do Vale do Sousa e Baixo Tâmega do PCP, em Penafiel – estrutura de extrema importância para dinamizar o Partido nos concelhos do interior do distrito do Porto, onde se incluí Paredes.
João Pires, entre vários assuntos, realçou a importância do aniversário do Partido e da continuação do ideal e prática comunistas para debelar as ofensivas de direita tão presentes na sociedade actual, nomeadamente as ofensivas bélicas que o capitalismo e o imperialismo querem levar a cabo no Iraque.

Juvilte Madureira, deputado da CDU na Assembleia Municipal de Paredes e um dos organizadores deste jantar, de forma informal, aproveitou a ocasião para homenagear a camarada Maria do Rosário, antiga professora do ensino primário, tendo exercido funções como docente em Lordelo, na Escola da Vila, e lutadora antifascista que nunca deixou de defender a causa revolucionária e a libertação do nosso povo da ditadura salazarista. No final, homens, mulheres e os muitos jovens presentes, cantaram energicamente a “Avante camarada!” num encontro onde a alegria e o convívio se aliou à consciência que a luta dos comunistas no concelho é para continuar com cada vez maior empenho de forma a alcançar mais vitórias.

8 de Março de 2003