Archive for Agosto, 2011

Excursões à Festa do Avante!

Agosto 20th, 2011

A Festa do Avante!, cuja 35ª edição terá lugar nos próximos dias 2, 3 e 4 de Setembro na Quinta da Atalaia, Amora, Seixal,  é indiscutivelmente a maior iniciativa político-cultural de massas do nosso país e uma das mais importantes do género no plano internacional. Inclui um programa diversificado e amplo, abrangendo áreas tão diversas como  a música, o desporto, as artes plásticas, o teatro, debates, exposições, a ciência, o artesanato, a gastronomia regional e a intervenção politica.

Os interessados em participar numa das várias excursões à Festa do Avante!, com partida do distrito do Porto, podem consultar a informação anexa e fazer a sua inscrição através dos números de telefone indicados.

Excursões Festa do Avante – Organização Regional do Porto

Cidade do Porto:
- 3 dias com alojamento – saída 6ªf, dia 2, e regresso no final da Festa. Inclui 2 noites com pequeno almoço e EP.
- 2 dias com alojamento – saída sábado, dia 3, e regresso no final da Festa. Inclui viagens, 1 noite com pequeno almoço e EP
Informações e inscrições: 93 317 40 65

Gondomar:
- Saída no dia 2, 10h30 e regresso dia 4 às 20h00. Inscrições Nuno Peixoto 918884366), Teresa Lopes (964605496), Fernanda e António Almeida (934129973)
- Freguesia de S. Pedro da Cova – partida 6ªf, dia 2, pelas 7h e regresso na 2ªf, dia 5, de manhã. Informações e inscrições através de Rocha Gomes (933425578) ou  Humberto (962338140)

Maia:
- 2 dias com alojamento – saída sábado, dia 3, e regresso no final da Festa. Inclui viagens, 1 noite com pequeno almoço e EP. Informações e inscrições através de Alberto Neto (914881045), Costa Pereira (932801677) e Lurdes Rocha (919664818).

Matosinhos:
- Saída no dia 2, 8h00 e regresso dia 4 às 20h00. Inscrições Becas (917006285), Zé Eduardo (966464223), Paulo Tavares (918136129)

Santo Tirso:
- 2 dias – saída sábado, dia 3, pelas 6h de Vilarinho e 6h15m Hospital de Sto. Tirso, e regresso no final da Festa. Inclui viagens e EP. Informações e inscrições através de 91 457 72 81 e 96 275 7690

Vale Sousa e Baixo Tâmega:
- Penafiel 3 dias – saída sexta, dia 2, e regresso no final da Festa. Inclui viagens e EP. Informações e inscrições através de Armando (910361541)
- Felgueiras 2 dias – saída sexta, dia 3, e regresso no final da Festa. Inclui viagens e EP. Informações e inscrições através de Peixoto (96281519)
- Marco de Canaveses 3 dias – saída sexta, dia 2, e regresso no final da Festa. Inclui viagens e EP. Informações e inscrições através de Quinzé (917638028)
- Paredes 3 dias – saída sexta, dia 2, e regresso no final da Festa. Inclui viagens e EP. Informações e inscrições através de Paulo Macieira: (917124269)

Valongo:
- Freguesia de Campo – saída 6ªf, dia 2, pelas 9h30, e regresso no final da Festa pelas 22h30. Informações e inscrições através de Emília Doeira (939084073) e Lídia (932027411)
- 2 dias com alojamento – saída sábado, dia 3, e regresso no final da Festa. Inclui viagens, 1 noite com pequeno almoço e EP. Informações e inscrições através 22 971 58 85 (CT PCP Ermesinde), 96 171 24 28 e 91 457 7281

Vila do Conde:
- 2 dias – saída sábado, dia 3, e regresso no final da Festa. Inclui 1 noite em hotel com pequeno-almoço e EP. Informações e inscrições através de José Silva 914506639.

Vila Nova de Gaia:
- Saídas no dia 2 e no dia 3. Informações PCP Gaia (223794345), câmara Gonçalves (939508031), Elvira (938324392)
- Valadares. Saída no dia 2 Às 14h00 e regresso dia 4 às 23h00. Incrições Manuel Fernandes (962951251)

Partidos da Troika encerram mais 27 escolas no interior do distrito do Porto

Agosto 14th, 2011

O Ministério da Educação anunciou hoje o encerramento de mais 27 escolas no interior do distrito do Porto, já para o próximo ano lectivo.
Os concelhos de Penafiel (11 encerramentos) e de Paços de Ferreira (8 encerramentos) são os mais afectados, mas a medida tem implicações também em Paredes (3 encerramentos), Felgueiras (3 encerramentos) e Amarante (2 encerramentos).
Esta decisão é tomada por acordo entre o PS, o PSD e o CDS, representando mais uma consequência negativa das políticas dos partidos da Troika para a região do Sousa e Tâmega, uma das mais pobres da União Europeia.
Esta decisão gravosa, que acentua os problemas de encerramentos anteriores, não é apenas uma solução meramente administrativa e economicista que visa embaratecer o sistema. É uma opção política, que une PS, PSD e CDS, que não tem racionalidade pedagógica e é profundamente desumana e acentuará os problemas existentes, nomeadamente aumentando os alunos por turma e fazendo que com dezenas de freguesias deixem de ter escolas do Primeiro Ciclo ou Jardins de Infância, desenraizando crianças e jovens e contribuindo ainda mais para a desertificação do interior.
O Governo e as autarquias que dão cobertura a este ataque ao povo desta região não estão empenhados em resolver os problemas, nem em esbater as consequências da interioridade, ou em promover medidas de combate ao desemprego e à exclusão social. A concretizar-se esta decisão, estarão também em causa muitos postos de trabalho de funcionários administrativos, auxiliares operacionais e professores.
Estes encerramentos são anunciados sem o mínimo respeito pelos alunos e suas famílias, pela restante comunidade escolar, nem pela salvaguarda da Educação Pública, gratuita e de qualidade para todos conforme consagra a Constituição da República Portuguesa.
A decisão agora anunciada, que terá do PCP o mais firme combate, merece o repúdio e a contestação das populações, das juntas de freguesia, dos alunos, dos encarregados de educação, dos professores, educadores e trabalhadores não docentes.

Penafiel, 12 de Agosto de 2011
A Direcção Sub-Regional do Vale do Sousa e Baixo Tâmega do PCP

Tomada de posição sobre poluição do rio Ferreira

Agosto 11th, 2011

A Organização de Freguesia de Lordelo do Partido Comunista Português vem, publicamente, condenar e demonstrar a sua mais profunda revolta e indignação face às descargas poluentes que, nas últimas semanas, foram visíveis no caudal do rio Ferreira, a jusante da levada do Souto, onde termina o tubo proveniente da ETAR de Arreigada. Infelizmente, a situação não constitui para nós qualquer novidade, tendo já a CDU, alertado por diversas ocasiões para este grave problema ambiental que assola a nossa terra.

 
Ao contrário da Junta de Freguesia de Lordelo, que acordou tarde para o problema e ainda maltratou e discriminou aqueles que iniciaram as limpezas das margens do rio há cerca de 10 anos atrás, e da Câmara Municipal de Paredes que nem sequer procede à limpeza regular das nossas ruas ou à recolha atempada dos contentores do lixo e da reciclagem.

 

Na verdade estas entidades, infelizmente, são parte do problema e não da solução, nunca tendo conseguido resolver o problema da preservação daquele que é um dos maiores bens da nossa terra: o rio!

 

A poluição no rio Ferreira constituiu sempre, aliás, uma forte preocupação ambiental da Organização de Lordelo do PCP, pois encarou a despoluição do Rio como uma necessidade urgente para o bem-estar da freguesia, necessidade essa bem expressa nos projectos autárquicos que ao longo dos anos a CDU tem vindo a defender e a propor à população e nas denúncias que ao longo de mais de 10 anos realizou junto das entidades competentes. O PCP/Lordelo considera, hoje como ontem, ser necessária uma intervenção eficaz e consequente na preservação da qualidade da água e na defesa dos ecossistemas ainda existentes no curso do rio.

 

Face aos últimos desenvolvimentos e face às frequentes queixas que a população nos tem feito chegar, a Organização de Lordelo do PCP, entendeu tomar não só uma posição pública sobre a questão, como dar sequência prática à indignação e revolta sentida pelo povo de Lordelo.

 

Assim sendo, o PCP/Lordelo, através dos deputados do distrito do Porto eleitos pela CDU na Assembleia da República, interpelará directamente o Governo e o MAMAOT (Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território) expondo o problema de forma documentada, exigindo uma rápida e adequada resposta à situação. Para além disso, o PCP/Lordelo estará sempre disponível para participar activamente em iniciativas que visem a resolução do problema, desde manifestações até à recolha de assinaturas, desde que elas não sejam encabeçadas pela Junta de Freguesia de Lordelo ou pela Câmara Municipal de Paredes, entidades que não reconhecemos nenhuma legitimidade na questão ambiental, tendo em conta o que (não) fizeram nesta área e pela atitude de aproveitamento político do trabalho desinteressado de outros.

 

O PCP/Lordelo recusa-se terminantemente a ficar de braços cruzados perante este gravíssimo atentado ambiental, e lutará em todas as instâncias e de forma persistente, para que a qualidade da água do rio Ferreira volte a ser o que foi outrora. Para isso, exigimos:

1) O cumprimento escrupuloso das normas ambientais por parte da ETAR de Arreigada;

2) A construção de uma ETAR tecnologicamente mais avançada a montante da actual ETAR de Arreigada;

3) Posteriormente, a retirada do tubo proveniente da actual ETAR do leito do rio.

 

A Organização de Freguesia de Lordelo do PCP

 

11 de Agosto de 2011

Nota da Org. da Freguesia de Recarei do PCP sobre a poluição no Rio Sousa

Agosto 11th, 2011

 

Rio Sousa, 30/07/2011. Foto de Filipe Santos, membro da Org. de Recarei do PCP

A Organização da Freguesia de Recarei do Partido Comunista Português vem, publicamente, condenar e demonstrar a sua mais profunda revolta e indignação face às descargas poluentes que, na tarde do passado dia 30 de Julho, foram visíveis no caudal do rio Sousa, designadamente na zona da levada de Areias desta freguesia. Infelizmente, a situação não constitui para nós qualquer novidade, tendo já a CDU, sobretudo através dos seus eleitos na Assembleia Municipal, intervindo e alertado por diversas ocasiões para este grave problema ambiental que assola diversas freguesias do concelho de Paredes.

A poluição no Rio Sousa constituiu sempre, aliás, uma forte preocupação ambiental da Organização de Recarei do PCP, que além das já aludidas iniciativas apresentadas no âmbito municipal, encarou a despoluição do Rio como uma necessidade urgente para o bem-estar da freguesia, necessidade essa bem expressa nos projectos autárquicos que ao longo dos anos a CDU tem vindo a defender e a propor à população. A Organização de Recarei do PCP considera, hoje como ontem, ser necessária uma intervenção eficaz e consequente na preservação da qualidade da água e na defesa dos ecossistemas ainda existentes no curso do rio.

Face aos últimos desenvolvimentos e face às frequentes queixas que a população nos tem feito chegar, a Organização de Recarei do PCP, entendeu tomar não só uma posição pública sobre a questão, como dar sequência prática à indignação e revolta sentida pelo povo de Recarei.

Assim sendo, a Org. de Recarei do PCP, através dos deputados do distrito do Porto eleitos pela CDU na Assembleia da República, interpelará directamente o Governo e o MAMAOT (Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território) expondo o problema de forma documentada, exigindo uma rápida e adequada resposta à situação.

A Org. de Recarei do PCP, recusa-se terminantemente a ficar de braços cruzados perante este gravíssimo atentado ambiental, e lutará em todas as instâncias e de forma persistente, para que a qualidade da água do Rio Sousa volte a ser o que foi outrora.

A Organização de Recarei do PCP

9 de Agosto de 2011

PS: O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar “Os Verdes”, também já entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, sobre a poluição no Rio Sousa, alvo de sucessivas descargas ilegais. Ver aqui.

Excursão à Festa do Avante!

Agosto 5th, 2011

Dias 2, 3 e 4 de Setembro (Sexta a Domingo)Partida às 6:00 horas do dia 2, regresso no fim da Festa 

Viagem 25 €, Entrada na Festa (EP) 20 €Contactos para inscrições:

Paulo Macieira: 917124269, José Luís: 914343330,Miguel Correia: 964783409, sede do PCP 255213023

 EP’s à venda na sede do PCP em Penafiel (EdifícioRibeiros, Trás., junto ao Estádio do FC Penafiel) e junto dos organizadores da excursão.